Negro Secreto
09

.

11

.

2019

|

04

.

01

.

2020

"(...) Só o corpo é capaz de medir esta matéria negra. Só entramos nela aceitando à partida que não sabemos onde estamos a cair. Aceitando a sua inevitabilidade. Somos levados… e então descer equivale a subir, sem saber se estamos suspensos ou enterrados. Não há controlo nem coordenadas. Há mergulho absoluto no abismo, guiados pelo ritmo universal dos seres e astros (...)"

Excerto do texto da exposição

FOLHA DE SALA

fechar

anterior

Seguinte

© DINIS SANTOS