Mariana Barrote

VOLTAR

Newsletter

Registe-se para receber atualizações por e-mail sobre os artistas, exposições e notícias da nossa galeria.

Formulário submetido com sucesso.

Ao submeter estes dados, está a concordar com os Termos e Condições do site.

Mariana Barrote

1986, Fão (PT).

Vive e trabalha em Viana do Castelo (PT). 

Imagens

Biografia

FORMAÇÃO

2022 - ATUALIDADE

Doutoramento em Artes Plásticas. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (PT). Bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (PT).

2018 - 2020

Mestrado em Artes Plásticas - Desenho. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (PT).

2004 - 2012

Licenciatura em Artes Plásticas - Pintura. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (PT).

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2024

Mancha — Marcha — Mater. Clube de Desenho, Porto (PT).

2023

Tail of the Eye. L+S Projects, Lehmann + Silva, Porto (PT).

Panorama: Bater as asas e bater os cascos. Curadoria de Miguel Teodoro. Mnemonic Pavilion, Parque Ecológico Urbano, Viana do Castelo (PT).

2022

Incertae-Sedis - espécies vertigem. Colaboração de Alexandre Mota e curadoria de Sofia Marçal. Programa Arte, Ciência, Natureza. Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa (PT). Com o apoio à criação da Fundação Calouste Gulbenkian (PT) e parceria do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (PT). A prévia investigação Incertae-sedis foi financiada, em 2020, pelo Fundo de Fomento Cultural, Direcção-Geral dos Assuntos Culturais (PT).

2021

Flower Power. Curadoria de Alisa Heil. Kunsthalle Freeport, Porto (PT).

Aoristo - Performance de desenho e sombra. Cabaré Brutal #2, Auditório CCOP, Porto (PT). Financiado pelo Criatório, Câmara Municipal do Porto (PT).

A experiência da cura através das plantas - Intervenção mural. Curadoria de Nuno Faria e Rita Roque. Concha Acústica do Palácio de Cristal, Porto (PT).

2020

Eye-vo-re. Galeria SALA 117, Porto (PT).

2019

Suspiros Camuflados. Curadoria de Silvestre Pestana e Celeste Cerqueira. Lote 78, Porto (PT).

2018

Bacia cantada. Silo - Espaço Cultural, Matosinhos (PT).

Shadow Paradox Cave - Performance de desenho ao vivo. Estúdio Luísa Mota, Porto (PT).

2017

Aos Ares. Silo - Espaço Cultural, Matosinhos (PT).

2016

Decadente Auspicioso - Performance. 15 minutos de Fama – 6 edição. Galeria EXTÉRIL em paralelo com POSTE - vídeo arte. Bienal de Arte Contemporânea da Maia, Fórum da Maia, Maia (PT).

La Tristesse du Roi. Galerie TRES, Nantes (FR).

Aparta-os amado, que vou voando - Edição de livro artista e mural. NGHE | Médiathèque, Bruxelas (BE).

2015

Nuntios Nocturno. Módulo - Centro Difusor de Arte, Lisboa (PT).

2014

Curandeiro decantado - peripécias de coragem. Silo - Espaço Cultural, Matosinhos (PT).

2013

De garfo na mira. AISCA - Associação de Intervenção Social, Cultural e Artística, Viana do Castelo (PT).

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

2024

ARCOlisboa 2024. Lehmann + Silva, Lisboa (PT).

Ensaios de uma Coleção – Novas Aquisições da Coleção de Arte Municipal. Galeria Municipal do Porto, Porto (PT).

2023

Norte Silvestre Agreste. Curadoria de Filipa Ramos e Juan Luis Toboso, Galeria Municipal do Porto, Porto (PT).

a primeira. Curadoria de Teresa Arêde, INTERIOR, Viseu (PT).

Drawing Room Lisboa. Lehmann + Silva, Lisboa (PT).

Profanações. Curadoria de David Revés. Culturgest, Porto (PT).

foi para caminhar que aqui cheguei. Curadoria de José Maia. Bienal de Arte Contemporânea da Maia, Fórum da Maia, Maia (PT).

Drifting Time Misplaced. Curadoria de Eva Slabá. Mono Lisboa, Lisboa (PT).

Praxis Deixis. Museu da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto (PT).

Pintura sem fim. Curadoria de João Sarmento. Brotéria, Lisboa (PT).

2022

25 de Abril a 1 de Maio | Mostra de vídeoarte ONLINE. Curadoria de João Terras e José Maia. Espaço MIRA, Porto (PT).

Debaixo das cidades, a revolução. Curadoria de João Terras e José Maia. Espaço MIRA, Porto (PT).

2021

Ária do encanto – uma flor que talvez não distinga o céu e a terra. Curadoria de Luís Pinto Nunes e Luís Albuquerque Pinho, para Situação 21: Histórias com amanhã – uma cartografia solidária da relevância das galerias do Porto, com curadoria de Miguel von Hafe Pérez. Galeria Quadrado Azul, com coprodução da Câmara Municipal do Porto, Porto (PT).

2020

Anuário 19. Concebido por João Ribas e Guilherme Blanc, curadoria de Catarina Miranda, Eduarda Neves, Filipe Marques, Samuel Silva e Simão Bolívar. Palácio das Artes / Fundação da Juventude, Porto (PT).

Entorno. Espaço AL859, Porto (PT).

JUSTMAD 2020. Galeria SALA 117, Palácio Neptuno, Madrid (ES).

2019

Via Aberta: Sonho de uma Noite de Verão. 2ª edição da Via Aberta, projeto criado e comissariado por Luísa Mota, com curadoria de Rita Roque e co-curadoria de Ana Rocha e Sonja Câmara. Centro Comercial Mota Galiza, Porto (PT).

Opacidade e Transparência - Desenho em Contexto. Curadoria de Paulo Luís Almeida e Pedro Maia. Lugar do Desenho - Fundação Júlio Resende, Gondomar (PT).

Entretanto. CACE Cultural, Porto (PT).

Artristas / Mariana Barrote / Ana Deus. Curadoria de Francisco Laranjeira. POSTE - vídeo arte, com o apoio da Fundação Extéril, Matosinhos (PT).

P de Pintura #3. Biblioteca Municipal Rocha Peixoto, Póvoa de Varzim (PT).

Noroeste-Sudeste: Novas perspetivas em desenho. Lugar do Desenho - Fundação Júlio Resende, Gondomar (PT).

No limite da cor. Curadoria de Semíramis González. Galeria SALA 117, Porto (PT).

CAV – Ciclo de Artes Visuais #1. Curadoria de Alexandre A. R. Costa. Elogio Vadio – Associação Cultural / CRU :: Espaço Cultural, Vila Nova de Famalicão (PT).

Drawing Room Lisboa 2019. Galeria SALA 117, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa (PT).

2018

Sopa de Pedra #7. Curadoria de Alexandre A. R. Costa, Hugo Brito, Jorge Fernando dos Santos e Miguel Seabra. Ateliers Mompilher e Candelabro, Porto (PT).

2017

Desencaminharte - Festival de Arte Pública do Alto Minho. Espigueiros do Lindoso, Ponte da Barca (PT).

art3f | Salon international d'art contemporain. Galerie TRES, Paris Expo Porte de Versailles, Paris (FR).

2016

Artistas Falam (1) Desenho. Curadoria de Alexandre A. R. Costa, Francisco Trabulo e Jorge Fernando dos Santos. IPVC | Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Viana do Castelo (PT).

2015

Mostra para leilão do projeto de arte da Fundação AMI. Curadoria de Nuno Malheiro Sarmento. Silo - Espaço Cultural, Matosinhos (PT).

Arte Urbana em Mupis. 30 Anos 30 Artistas. Organizada pela Fundação AMI, com o apoio da Câmara Municipal do Porto, curadoria de Nuno Malheiro Sarmento. Porto (PT).

Oficina itinerante de impressão e instalação na sala vermelha do Palácio Pombal. Com Chapa Azul. Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa (PT).

Plein Air collective project. Curadoria de Francisco Babo. Encontrarte Amares, programa da Casa de Tijolo, Amares (PT).

2014

Inauguro #30 - um quarto de quatro. Objetos Misturados, Viana do Castelo (PT).

2013

Do real e de outras verdades. Silo - Espaço Cultural, Matosinhos (PT).

2011

9ème Salon des Créateurs "La Démesure". l'Avant Seine / Théâtre de Colombes, Colombes (FR).

2010

We are ready for our [close up]. Heart of Glass - Associação Cultural. Antiga Sede da RDP, Porto (PT).

Aveiro Jovem Criador 2010. Museu de Aveiro / Santa Joana, Aveiro (PT).

PRÉMIOS

2010

1º Prémio: Aveiro Jovem Criador 2010. Câmara Municipal de Aveiro, Aveiro (PT).

RESIDÊNCIAS

2023

Hiperlocal/Hyperlocal. Curadoria de Miguel Teodoro. Mnemonic Pavilion, Parque Ecológico Urbano, Viana do Castelo (PT).

Residência Sala Aberta. Teatro Municipal Sá de Miranda, Viana do Castelo (PT).

2017

Desencaminharte - Festival de Arte Pública do Alto Minho. Ponte da Barca (PT).

2016

NGHE | Médiathèque, Bruxelas (BE).

2015

Com Chapa Azul. Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa (PT).

Encontrarte Amares. Amares (PT).

2008

Azores Combo Art Camp. Teatro Micaelense, Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores (PT).

COLEÇÕES PRINCIPAIS

Coleção de Arte Municipal de Lisboa (PT).

Coleção Municipal de Arte do Porto (PT).

Museu de Aveiro / Santa Joana, Aveiro (PT).

Coleção S&A, Porto (PT).

Rita Talhas e Gonçalo Lima, Lisboa (PT).

Coleções privadas.

vários

OUTROS PROJETOS E COLABORAÇÕES

2020

“A Dança do Cipreste” (HDV, 3:2, Cor, Som, 37′, Portugal). Filme dos artistas Mariana Caló e Francisco Queimadela. Interpretação, desenhos, pinturas e figurinos.

Cartaz do filme "A Dança do Cipreste", dos artistas Mariana Caló e Francisco Queimadela.

CONFERENCIAS E SEMINÁRIOS

2022

FlashBack #2. Artist talk a convite de Pedro Maia. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Porto (PT).

Textos

Loading . . .

Built by

Mariana Barrote

Fechar

Anterior

Seguinte

Fechar

Anterior

Seguinte

FECHAR

ANTERIOR

SEGUINTE

Mariana Barrote

FECHAR

ANTERIOR

SEGUINTE

FECHAR

ANTERIOR

SEGUINTE

lehmannsilva.com desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile